Box

Por que começar a assistir “The O.C.” hoje?

Welcome to The O.C., bitch!


  • Escrito por

  • Publicado em 15 de outubro de 2016

The OC post

Faz 84 anos que estamos esperando por esse momento, e ele finalmente está acontecendo! Quando a Netflix anunciou que The O.C. entraria no catálogo em breve, nós ficamos assim:

ana-paula-gif-1

Se você não cresceu durante o começo dos anos 2000 provavelmente não vai entender essa histeria, mas assim que começar a sua maratona você vai: É UMA DAS MELHORES SÉRIES DE TODOS OS TEMPOS. Por quê? Bem, vamos lá…

1. PORQUE É!

Já começa pela música-tema, a abertura, as carinhas lindas dos atores, as vibes californianas… as manhãs de domingo eram mil vezes mais gostosas que as de hoje em dia. A gente acordava cedo para assistir “Um Estranho no Paraíso” no SBT. Que bela época, meus amigos!

CALIFORNIAAAA, CALIFORNIAAAAAAAAAAAAAAA, HERE WE COOOOOOOMEEEEEE ♪♪♪

2. Seth Cohen

seth

Nós prometemos a vocês que aqui vai ser amor à primeira vista. O esterótipo do nerd esquisito foi remodelado, Seth ama quadrinhos e vive na sua bolha, sabendo que não precisa muito ser amigo de todo mundo e tá tudo bem assim. É o dono das melhores piadas da série, detentor de toda a fofura existente na face da humanidade. Se você não gostar dele é possível que tenha graves problemas. Sério.

S-É-R-I-O.

3. Ryan Atwood, o bad boy que não é bad boy

Ryan Atwood

Tive muitas pessoas na minha vida que me abandonaram.

Infelizmente, Ryan é um produto do meio, o que significa que suas atitudes impulsivas e agressivas – no começo – são repetições daquilo que viu enquanto crescia e de onde veio.

Ele tem um irmão mais velho chave de cadeia e uma mãe descompensada, mas no fundo é uma ótima pessoa que só precisava de uma oportunidade. Se The O.C. temos, graças a Ryan Atwood porque temos! Ryan, o maior causador de problema que você vai respeitar.

4. Marissa Cooper

marissa

A rica, mimada, problemática, ~breve~ histórico com abuso de substâncias, mãe caça-níquel, gosta de garotos e garotas, namora idiotas, criadora do verbo “MARISSAR” (essa imagem acima mesmo, rs). Tá, tudo bem, ela até que é legal… mas você provavelmente terá duas opções na quarta temporada: amá-la para o todo resto da sua vida, ou odiá-la pelo que ela fez com a série. Nós odiamos… ops…

Escolham seus times. PAZ, MISCHA BARTON.

5. Summer Roberts

Summer Roberts

A verdadeira protagonista desta série, na realidade. Ela é engraçada sem ser forçada, tem aquele toque de patricinha burra que surpreende depois, e é a outra metade da laranja do Seth. É o melhor casal, vocês nunca irão se arrepender de tê-los shippado (prestem atenção nesse conselho).

6. Você vai se apaixonar pelo Chrismukkah… 

Chrismukkah2

Explicando para os leigos, a família Cohen, basicamente, não te faz escolher. Tudo bem ser judeu E cristão, eles fundiram os dois conceitos de celebração do natal para agradar a todos na casa. Assim nasceu o tão amado Chrismukkah.

O maior propagador do espírito é Seth, ele decora a casa, usa roupas temáticas e faz com que todos se envolvam na data. Muito amor aos episódios de Chrismukkah <3

7. … todas as datas festivas são uma caixinha de surpresa…

chrismukkah

Chrismukkah não pode ser arruinado, ele tem o dobro de resistência que qualquer feriado normal.

Feriado, festas beneficentes ou jantares em The O.C.? Treta, com certeza! Já teve infarto, gente presa, torta de climão, farsa desmascarada, isso sem falar nos vexames com bebida. Se o episódio se passar em um feriado ou tiver uma festa importante: AS SENHORAS PODEM ESPERAR UMA BELA TRETA – e trazer alguma coisa pra celebrar, igual ao Neymar.

8. Sarcasmo level hard

the oc sarcasm

E daí? Sarcasmo é como respirar para você.

the oc sarcasm 2

Ryan, o que você faz além de bater nas pessoas e musicais?

Tópico autoexplicativo ¯\_(ツ)_/¯

9. Melhor beijo Homem-Aranha sem ser no filme do Homem-Aranha

The OC Spiderman kiss

Palavras não são necessárias quando temos IBAGENS, mas fica o aviso…

imagens-fortes

TEJE AVISADOS:

10. Sandy Cohen

sandy-cohen

Arranje amigos mais engraçados.

Basicamente, todos queríamos que Sandy Cohen fosse o nosso pai. Ele ascendeu na vida chegando ao mundo dos ricos pela carreira de advogado, e por ter se casado com Kirsten Cohen – riquíssima, poderosíssima. Porém nada disso tirou a essência de Sandy, ele continua sendo a mesma pessoa modesta e pé no chão, só que indo a jantares caríssimos e tendo uma vida com mais privilégios do que antes.

É ele quem segura a onda da família inteira, acolhe o Ryan em casa mesmo contra a vontade da própria esposa – e não desiste do “garoto problema” -, além de sempre tentar dar conselhos reais pro Seth, seu filho biológico.

Ah, e você nunca mais vai comer um bagel sem lembrar dele! <3

11. Verdadeiro valor de amizade e família 

The OC family

No fim do dia, pouco importa se as pessoas que te ajudam têm o mesmo sangue, personalidade ou crenças que você. O conceito de família é bem amplo, né? Às vezes, os amigos ou as pessoas que escolhemos para ficar ao nosso lado – ou as que nos escolhem – representam muito mais para nós do os quem realmente têm o nosso sangue.

The O.C. é isso: o mundo pode estar despencando na cabeça de alguém, as relações já estão super desgastadas, mas no momento que se precisa de alguém todos eles estão lá, uns pelos outros.


Depois desse guia básico de apresentação, só temos mais uma coisa a dizer…

welcome to the oc bith

 

 

Pett4r (4)

Pedro Paulo pelo papel, Pepe para os íntimos e Pett4r para a internet, é pré-publicitário arriscado na própria criatividade, designer formado pela paixão e escritor moldado pelo desprezo à ignorância.

Curta nosso e receba notícias direto na sua timeline.


Tags

HotNews