Paparazzi

Taylor Swift muda os planos da Apple e empresa pagará os artistas pelos meses de teste do aplicativo

“Decidimos pagar os artistas durante o período de teste por 90 dias”, diz Eddy Cue, vice-presidente da Apple.


  • Escrito por

  • Publicado em 22 de junho de 2015

taylor1

Taylor Swift é poderosa mesmo, viu?

Após a carta aberta da cantora direcionada para a Apple, na qual Swift desaprova o período de 3 meses gratuitos oferecidos pelo aplicativo Apple Music, novo streaming musical, a quem testar o serviço. “Não tenho certeza se você sabe que a Apple Music não pagará os compositores, ou artistas por esses meses de graça. Eu acho que isso é chocante, desapontador e destoa totalmente do histórico progressivo e generoso desta empresa“, escreveu.

Leia a carta publicada por Taylor Swift na íntegra

Com toda a repercussão causada, a Apple decidiu mudar as estratégias e decidiram que vão pagar os artistas durante o período de teste de 3 meses. A notícia foi confirmada por Eddy Cue, vice-presidente da Apple, através de seu Twitter.

Em entrevista ao BuzzFeed News, Cue, também chefe de mídia da Apple, além de confirmar o pagamento durante o período de teste do aplicativo, afirmou que a empresa pagará os proprietários da música em 71,5% pela receita de assinatura do Apple Music nos Estados Unidos. Mundialmente, a taxa deve subir, em média, para 73%.

“Queremos que os artistas sejam pagos por seu trabalho, e quando escutamos isso deles — por Taylor Swift e artistas indie — nós decidimos atendê-los. O tweet de Taylor solidificou a questão para nós e então, fizemos a mudança”, diz Cue.

O vice-presidente disse que ligou para Taylor Swift para contar que a Apple mudou os planos e eles vão pagar os artistas: “Ela estava emocionada“.

No entanto, Swift ainda não concordou em deixar suas músicas no streaming. Mas não é impossível eles chegarem em um acordo, depois da mudança.

Em seu Twitter, a loira publicou sobre a notícia:

Eu estou contente e aliviada. Obrigada pelas palavras e o apoio. Eles nos ouviram“.

16256305-mmmain

Em entrevista ao Hollywood Reporter, o vice-presidente da Apple, Eddy Cue, nos contou mais sobre o assunto.

A decisão em pagar os artistas foi provocada pela carta de Taylor Swift?

Cue: Nós temos ouvido muita preocupação de artistas indie sobre não ser pago durante o período de teste de três meses, o que nunca foi nossa intenção.

Nós tínhamos originalmente negociado esses acordos baseado em pagá-los uma taxa de direitos, mas quando eu acordei e vi o que Taylor havia escrito, decidimos fazer a mudança.

Como a Taylor reagiu?

Cue: Ela estava muito emocionada e grata. Com a carta publicada, você pode dizer que ela é uma grande admiradora da Apple e nós já fizemos grandes trabalhos juntos. Então, ela estava realmente muito animada em ver nosso retorno.

Após ler a carta, quais foram os próximos passos? Como foi feita a decisão?

Cue: O mais interessante entre eu e Tim (chefe executivo da Apple) é que conseguimos tomar decisões rapidamente, apenas conversando um com o outro. Era algo que já estávamos discutindo.

Será que Taylor Swift agora fala em nome de todos os artistas?

Cue: Bom, nós ouvimos de outros artistas indie, mas ela é uma grande celebridade e é ótimo quando ela se posiciona.

(Óbvio que a Taylor foi quem influenciou a mudança da Apple, né gente? Essa mulher é poderosa)

Sobre os 90 dias gratuitos do aplicativo, qual foi o pensamento original da Apple?

Cue: A primeira coisa é que estamos promovendo músicas boas, então nós queríamos ter certeza de que todos tiveram a oportunidade de testar e ter experiência com o aplicativo, e é por isso que deixamos o período gratuito. Então, o usuário pode decidir se quer pagar para continuar usando ou se o aplicativo não é para ele.

Nós vemos a música como parte do nosso DNA, nós falamos muito sobre isso. Nós amamos música e sempre nos esforçamos para ter uma ótima relação com os artistas e ter respeito por aquilo que fazem.


E assim se encerra mais um capítulo. Vamos aguardar para ver se Taylor Swift aceitará o acordo.

 

Pett4r (4)

Pedro Paulo pelo papel, Pepe para os íntimos e Pett4r para a internet, é pré-publicitário arriscado na própria criatividade, designer formado pela paixão e escritor moldado pelo desprezo à ignorância.

Curta nosso e receba notícias direto na sua timeline.


Tags

HotNews