Paparazzi

Camila Mendes diz que já perdeu papéis por não parecer “latina o suficiente”

A atriz de “Riverdale” concedeu uma entrevista a People Chica e comentou sobre estereótipos latinos na indústria cinematográfica. Saiba detalhes!


  • Escrito por

  • Publicado em 05 de setembro de 2017

Camila Mendes é um dos mais novos rostos da televisão americana, a atriz que se tornou conhecida pelo seu papel de Veronica Lodge na série Riverdale da CW é considerada novidade para Hollywood, mas já teve que enfrentar em sua carreira diversas dificuldades de casting devido aos estereótipos raciais.

Em uma entrevista recente com a People Chica, a artista revelou que em seleções de elenco já disseram que ela não era “latina o suficiente” para certos papéis.

“Eu sou nova em Hollywood, mas já estou começando a ver problemas em como alguns projetos são selecionados. Muitas vezes eu ouço coisas como “Você não parece latina o suficiente”, e essa mentalidade é tão retrograda. A verdade é que: eu sou latina, então, como você vai me dizer que eu não pareço latina?”, desabafou.

Camila é filha de brasileiros, mas nasceu em Charlottesville, Virgínia, nos Estados Unidos, fala português e já morou no Brasil por um ano.

A atriz também comentou sobre como a sua personagem em Riverdale tem permitido ao público ver um exemplo diferente do que comumente famílias latinas são retratadas, na série Veronica pertence a uma família rica e privilegiada.

“É tão inovador ver uma história diferente sendo contada para as famílias latinas. A família Lodge é um diferencial tão necessário em relação aos desfavorecidos, desprezíveis, traficantes de drogas latinos que costumamos ver (representados) no entretenimento. É raro ver famílias latinas sendo retratadas como entidades inteligentes, sofisticadas e poderosas”, disse a artista.

E é claro, Camila comentou sobre a sua relação com o Brasil.

“Eu me conecto com a minha cultura através da minha família. Eu falo português com os meus pais para que eu possa praticar. Fico em contato com a minha família (que vive no Brasil) através de um grupo no WhatsApp. Esse senso de comunidade e família é o coração da cultura brasileira, e permanecer envolvida com minha família é o que me mantém conectada”, declarou.

 

É tão triste ver que pensamos retrógrados desses ainda existem no cenário hollywoodiano, não é mesmo?

Redação (719)

Curta nosso e receba notícias direto na sua timeline.


Tags

HotNews

Siga-nos no Instagram

Nossa conta do Instagram foi roubada e estamos começando tudo de novo. Contamos com vocês para nos seguir novamente!

Ir para o Instagram