Mamamoo faz primeiro show no Brasil emocionadas e sem vontade de ir embora Tuned

Toda primeira vez de um artista no Brasil é especial e inesquecível, tanto para os fãs quanto para seus ídolos. E com o Mamamoo não foi diferente. Desde o segundo em que subiram no palco, Solar, Moonbyul ,WheeIn e Hwasa sentiram um amor que elas próprias garantiram que nunca mais vão esquecer.

Seguindo a (maravilhosa) tradição coreana, o quarteto iniciou o show no Tropical Butantã, em São Paulo, pontualmente às 20h com o hit “Mr. Ambiguous“, debut oficial do grupo lançado em 2014, seguida de “Piano Man“.

A primeira interação do grupo com a plateia durante o Fanmeeting foi uma apresentação básica de todas as integrantes, que seguiram o modelo “Olá eu sou” e seus nomes em português mesmo. Aproveitando o momento, exibiram algumas frases que aprenderam na língua. A que mais surpreendeu foi “água sem gás”, mas a que arrancou a maior reação da plateia foi a expressão fofa “iti malia”, repetida diversas vezes durante a noite.

O show seguiu com a performance de “Rude Boy” e “Starry Night”. A segunda, lançada no início de 2018 e um verdadeiro sucesso na Coreia, ganhou um remix especial com a música “Havana”, de Camila Cabello.

A segunda pausa nas apresentações aconteceu para uma pequena entrevista com as integrantes. Sorteando perguntas individuais, cada uma teve seu momento de falar um pouco mais sobre si e interagir com os MooMoos na plateia.

A caçula Hwasa foi a primeira e escolheu a pergunta “Você gostaria de visitar uma praia no Brasil?”. Na resposta, mencionou Fortaleza, local onde o grupo também estava programado para se apresentar, mas teve a data cancelada por conta da baixa demanda.

Wheein teve que escolher uma memória especial que vai levar do Brasil e escolheu o clima quente do país. “Antes de vir para cá eu sabia que era muito quente, mas ao ver isso através dos nossos MooMoos vou levar essa sensação comigo até a minha morte”, brincou, arrancando gritos da plateia.

A líder Solar contou um pouco sobre seus hábitos diários, revelando que costuma escovar o cabelo antes de deitar, mas normalmente não se lembra de fazer isso.

A última foi Moonbyul, que escolheu qual foi seu comeback preferido do grupo. A rapper escolheu o último EP do grupo, Red Moon, afirmando ser “caloroso e apaixonante”.

As baladas “I Miss You” e “Star Wind Flower Sun” antecederam a parte mais esperada da noite: quatro MooMoos foram escolhidos para subir ao palco e participar de uma brincadeira ao lado do quarteto.

Formando duplas com uma integrante e um fã, eles tiveram que fazer poses de acordo com uma palavra-chave, quem fizesse a mesma de sua dupla ganharia um álbum autografado pelo grupo, que no fim era só um detalhe quando comparado à oportunidade de interagir tão de perto com o grupo.

Durante toda a noite Solar, Moonbyul, WheeIn e Hwasa mostraram energia e a vontade que tinham de dar o melhor show possível para seus fãs. Apesar de não serem dançarinas de tanta força, os vocais poderosos são mais do que suficientes para mostrarem o porquê de hoje serem um dos principais nomes femininos do KPop.

Mas foi durante a pausa para suas despedidas individuais que foi possível perceber o quanto sua passagem pelo país ficará marcada para sempre em suas carreiras. Visivelmente emocionadas, cada uma tirou seu tempo para agradecer a presença dos fãs e afirmar que nunca esquecerão esse momento.

Moonbyul disse que voltarão mais fortes para casa. A líder Solar afirmou que jamais se esquecerão desse momento. Wheein agradeceu um amor tão forte apesar da distância. Hwasa, a que melhor aprendeu português, arriscou um “vou chorar” enquanto dizia que apenas estar naquele palco já era a realização de um sonho.

A promessa da volta foi feita por todas e era perceptível que elas desejam tanto esse retorno quanto seus MooMoos, que choravam na plateia ao perceber que o tempo pertinho de seus ídolos estava chegando ao fim.

Apesar de o FanMeeting ter durado menos de duas horas, o Mamamoo passou a tarde inteira no local interagindo com seus fãs de diversas formas: estavam disponíveis para compra fotos em grupo e individual, tarde de autógrafos, hi-five e passagem de som. E as horas passadas ao lado de seus Moomoos brasileiros parece ter sido mais do que suficiente para elas sentirem toda a sua intensidade .

Abraçadas em bandeiras durante “Sleep In The Car”, “Oh Ah Yeah” e “Yes I Am”, Solar, Moonbyul, WheeIn e Hwasa tentaram de todas as formas mostrar que, assim como seus fãs, elas também vão se lembrar dessa tarde no Brasil por muito, muito tempo.

Curta o DMT no Facebook e receba notícias diretamente em sua timeline.

Tags

     
Escrito por
Postado dia 14 de setembro de 2018

Comentários

DAMMIT.com.br © 2012 - 2014    —    Alguns direitos reservados