DAMMIT Entrevista: dona do sucesso “Te Quiero Más”, TINI fala sobre seu novo álbum e carreira Tuned

Martina Stoessel, Tini Stoessel ou apenas TINI, são três maneiras de se referir à cantora, atriz e fenômeno que ultrapassou as fronteiras latinas conquistando o mundo. Com apenas 21 anos, a argentina já soma mais de 12 milhões de seguidores em suas redes sociais, diversos hits e atrai multidões por onde passa.

Nascida em Buenos Aires, começou sua carreira muito jovem na novela Patito Feo por influência de seu pai, o produtor de televisão Alejandro Stoessel, fato que marcou o início de um caminho fadado ao sucesso. Participou da dublagem da canção/hino das princesas da Disney, The Glow, antes de ser Violetta Castillo, protagonista da série Violetta. A produção foi uma sensação global e assim o planeta ficou pequeno para a estrela TINI.

A cantora percorreu o mundo com o elenco de Violetta (Jorge Blanco, Diego Domínguez, Mercedes Lambre, Lodovica Comello, Ruggero Pasquarelli, Candelaria Molfese, entre outros) e disse adeus ao papel com uma turnê mundial no ano de 2015, a qual contou inclusive com shows pelo Brasil. Em 2016, encerrou de vez o ciclo como a personagem da Disney com o filme Tini – Depois de Violetta, além de lançar seu primeiro self-titled álbum.

Atualmente, TINI se prepara para lançar seu segundo disco de estúdio. Com uma faceta mais madura, Stoessel já demonstrou estar pronta para se aventurar em outros gêneros e estilos. Recentemente tivemos o prazer de conversar com a cantora e atriz sobre sua carreira, música, moda e Brasil. Confira a entrevista completa:

DAMMIT: Você começou sua carreira ainda muito jovem, mas foi Violetta que fez com que você ficasse conhecida mundialmente. Você imaginou que a série faria tanto sucesso?

TINI: Nunca imaginei tudo o que aconteceu com Violetta, mas obviamente é uma memória que irá permanecer para sempre em meu coração. Fico extremamente feliz de ter vivido tudo o que vivi, então (Violetta) é algo que sempre lembro com muita alegria.

D: Desde que a série terminou, como ficou sua relação com elenco? Ainda são amigos?

T: A relação é incrível! Claro que somos super amigos, mas não nos vemos todos os dias porque alguns deles são de diferentes países, mas nos damos super bem e temos um relação super bacana.

D:  Atualmente, quais são os seus projetos como atriz e cantora?

T: Estive gravando um filme na China com Jackie Chan, o qual estou muito feliz, e agora estou fazendo La Voz Argentina. Já começamos com as filmagens do programa, e enquanto filmo, posso lançar meu novo CD. Eu gosto de fazer um pouco de todos: televisão, cinema e música.

D: Você já confirmou que seu segundo álbum já está pronto e que vai ser algo completamente novo e diferente. O que podemos esperar deste novo CD?

T: Vocês vão perceber que é completamente diferente do primeiro. Vou mostrar um pouco de como me diverti com Te Quiero Más (parcercia com Nacho), Quiero Volver com Sebastian Yatra, com Karol G em Princesa e Morat (Consejo de Amor). Agora sigo com muita força em algo distinto do que já tinha feito. É o resultado do trabalho que venho desenvolvendo e do que estou buscando todo esse tempo.

D: Quando iremos saber o título do álbum?  

T: Falta só um pouquinho para lançar ele. Estamos terminando seus últimos detalhes, mas falta muito pouco para que vocês saibam de tudo, muito pouco para que eu possa mostrar finalmente o disco, para compartilhar com vocês todas as minhas músicas.

D: Te Quiero Más foi o primeiro single deste seu novo trabalho e teve muita repercussão na mídia porque mostrou um outro lado seu, seu debut no gênero urbano. A música também fez história ao ser a primeira produção argentina a alcançar a marca de 1 milhão de visualizações em 24 horas. Todo esse sucesso te deu mais motivação musical? Como você reagiu a toda essa repercussão?  

T: Sim, claro que sim. Ver a repercussão de Te Quiero Más e tudo o que aconteceu com a música foi incrível, Foi a hora certa de escolhê-la para ser o primeiro single e isso me deu mais força para fazer outras canções do mesmo estilo.

D: Recentemente você lançou Quiero Volver com Sebastian Yatra, com quem já havia trabalhado em seu primeiro disco. Qual é a relação entre vocês? Vocês são amigos? Como foi a produção dessa música e como está sendo a repercussão?

T: Sim, somos super amigos. Na verdade, temos uma relação muita linda há muito tempo. Quiero Volver é uma canção muito especial, uma das minhas músicas favoritas do álbum. Escolhi Sebastian porque o amo muito e ele é uma grande pessoa. Estou feliz com toda a repercussão que a música está tendo, já que está quase alcançando 20 milhões de visualizações. Para mim, é uma felicidade enorme ter essa repercussão com uma pessoa que já que conheço faz tempo. Poder viver isso é incrível, fico muito feliz.

D: Este novo disco será apenas em espanhol ou também terá faixas em inglês? Quais gêneros podemos esperar?

T: O disco terá algumas faixas em inglês, mas a maioria será em espanhol. Também terá um pouco de reggae, música eletrônica, reggaeton, balada, um pouco melódico, mas sigo mantendo o pop. Será de tudo um pouco.

D: Além da participação de Nacho e do Sebastian Yatra, você colaborou com muitas artistas latinos de renome neste ano. como Karol G, Álvaro Soler e Morat. Como foi trabalhar com todos eles?

T: Eu adoro a união de artistas, mulheres e homens, homens e homens, mulheres e mulheres. Fico feliz de ter neste disco essa união com artistas que eu amo. Tenho uma relação muito bonita com todas as pessoas que colaborei.

D: Podemos esperar novas parcerias?

T: Claro que sim! Há uma surpresa no álbum! Vocês irão saber todas as colaborações que ele tem muito em breve!

D: Quando vamos ter músicas novas e o álbum?

T: A data de lançamento do disco ainda não está confirmada, mas falta muito, muito pouco.  

D: Se pudesse definir seu primeiro álbum em uma palavra, qual seria?

T: Eu vejo ele como explosivo.

D: E uma palavra para este novo álbum?

T: Força, amor.

D: Você já esteve no Brasil várias vezes, tem planos de voltar ao país para fazer show?

T: Eu adoraria! Estamos pensando em voltar (ao Brasil), mas não posso deixar confirmado. Eu adoraria voltar ao Brasil porque é como minha segunda casa. Vocês me conheceram quando eu ainda era menina e sempre abriram as portas para mim, então seria incrível poder ir.

D:  Você conhece um pouco da música brasileira?

T: Conheço, mas não muito. Sei mais do que sempre se fala da música brasileira e muito do que fazem musicalmente e na televisão. Na verdade, eu adoro todas as coisas do Brasil.

D:  Tem vontade de colaborar com algum artista brasileiro?

T: Eu adoraria! Claro que sim! Óbvio!

D: O que você acha da Anitta? Gostaria de fazer música com ela?

T: Adoro ela! Adoro o que ela faz e está fazendo, é super talentosa. Amo ver mulheres trabalhando e desfrutando de seu trabalho. Ficaria muito feliz em conhecê-la algum dia e é claro que colaboraria com ela.

D: Além de cantora e atriz, você também é modelo. Como é a sua relação com a moda e como você define o seu estilo?

T: O mundo da moda sempre foi uma parte de mim. Meu estilo depende de quem eu quero ser e depende do dia. Há dias que me sinto super romântica e em outros quero ser super roqueira. Creio que está aí a magia de mudar, de representar, de provar na moda.

D: Envie um recado para os seus fãs brasileiros.

T: Um grande beijo para os meus fãs do Brasil! Eu adoraria voltar ao Brasil para um show, para uma sessão de autógrafos, para o que for. O Brasil é como se fosse a minha casa, sempre fui muito bem recebida. Amo muito vocês e espero vê-los em breve!

REPORTAGEM: VICTÓRIA LOPES

Curta o DMT no Facebook e receba notícias diretamente em sua timeline.

Tags

Escrito por
Postado dia 27 de agosto de 2018

Comentários

DAMMIT.com.br © 2012 - 2014    —    Alguns direitos reservados