Ticket

Jennifer Lawrence deixa o filme “The Rosie Project” e debate desigualdade de salários em Hollywood

“Eu falhei como negociante porque abri mão muito rápido, não queria ficar brigando por milhões de dólares”, desabafou a moça.


  • Escrito por

  • Publicado em 14 de outubro de 2015

Jennifer Lawrence cover

Próximo filme do diretor de Boyhood, Richard Linklater, premiado no último Oscar, The Rosie Project já contava com a presença de Jennifer Lawrence, conforme anunciado há alguns meses durante a Comic-Con 2015.

Essa semana, no entanto, foi divulgado que a atriz está deixando o projeto. O motivo não foi esclarecido, mas especula-se que Lawrence queira um tempo de folga do ritmo frenético que entrou nos últimos anos, depois de estourar com a franquia Jogos Vorazes. Boatos de que Jennifer estrelará o próximo longa de Darren Aronofsky (Cisne Negro) também ganharam força após a notícia.

Direitos Iguais

O mundo passou a aplaudir Jennifer Lawrence, ontem, quando uma carta que escreveu foi publicada na newsletter Lenny, periódico pilotado por Lena Dunham. A loira questiona os salários mais baixos para as atrizes em comparação aos homens, em Hollywood. O fato foi trazido à tona durante os vazamentos de Sony, conforme a própria atriz narra.

“Quando os vazamentos da Sony aconteceram e eu descobri quanto menos estava sendo paga, em relação às pessoas sortudas com bolas, eu não fiquei brava com a empresa. Fiquei brava comigo mesma. […] Eu falhei como negociante porque abri mão muito rápido, não queria ficar brigando por milhões de dólares que, francamente, no meio de duas franquias, eu não preciso”, relatou.

Mesmo ocupando o primeiro lugar da lista de atrizes mais bem pagas, com U$ 52 milhões, Jennifer ainda come poeira a ser comparada com o ator mais bem pago, Robert Downey Jr, recebendo U$ 28 milhões a menos que ele, no último ano.

comic-con-x-men-apocalypse-panel-2015-003-e1436798956517

“Estou cansada de procurar um jeito doce para manter a minha opinião e ainda permanecer legal! Não acho que tenha trabalhado para um homem em controle que gastou tanto tempo contemplando o ângulo que devesse usar para ter sua voz ouvida. Ela apenas foi”, desabafou a atriz.

Bradley Cooper, companheiro de vários longa de JLaw, a apoia. “Existe uma padrão duplo no mundo inteiro, com certeza, esse é apenas um aspecto”, se referiu aos pagamentos sexistas. “A qualquer momento existe a oportunidade de uma voz aparecer e ser ouvida […] acho que está fazendo diferença”, disse em entrevista ao ET.

Emma Watson também cumprimentou a colega de profissão via Twitter.

Curta nosso e receba notícias direto na sua timeline.


Tags

Comentários