Ticket

Homem-Aranha (quase) rouba a cena em “Capitão América: Guerra Civil”

Assistimos “Guerra Civil” e o filme é tudo aquilo que você espera (talvez um pouco mais).


  • Escrito por

  • Publicado em 27 de abril de 2016

capitaotopo

Assistimos na semana passada um dos filmes mais aguardados do ano: Capitão América: Guerra Civil, que estreia amanhã (28) em todo o Brasil.

Quem aí está ansioso para conferir? Vamos contar um pouquinho mais sobre o filme, mas antes, dá uma olhada no novo spot feito para a TV com participação do Homem-Aranha:

Para quem não está familiarizado com o contexto de Guerra Civil, a história é basicamente sobre uma luta de ideais. De um lado, temos Steve Rogers (Chris Evans), o Capitão América, que defende que os Vingadores continuem operando livremente, e do outro, Tony Stark (Robert Downey Jr.), o Homem de Ferro, que fica do lado do governo na decisão de criar um órgão para supervisionar os heróis. No meio dessa bagunça ainda tem o vilão do filmeZemo (Daniel Brühl), que quer se vingar dos Vingadores por conta do desastre relacionado aos heróis que deixou vários mortos na Rússia.

E o que acontece a partir daí? Steven vira um fugitivo da justiça e a missão de Tony é prendê-lo. Muito se fala sobre essa divisão dos Vingadores e sobre qual time escolher, mas a verdade é que assistindo ao filme você consegue entender os dois lados e desenvolver uma empatia pelas duas causas.

De um lado temos Tony Stark (Homem de Ferro), Natasha Romanoff (Viúva Negra), Jim Rhodes (Máquina de Combate), T’Challa (Pantera Negra) Visão e Peter Parker (Homem-Aranha). Do outro, Steven Rogers (Capitão América), Wanda Maximoff (Feiticeira Escarlate), Sam Wilson (Falcão), Clint Barton (Hawkeye/Gavião Arqueiro), Bucky Barnes (Soldado Invernal)Scott Lang (Homem-Formiga). Fala se dá para escolher? Impossível. Ainda tem alguém – não digo quem – que troca de lado. Façam suas apostas!

A batalha é épica e cheia de momentos divertidos. Destaque para a sequência do aeroporto que reúne todos os heróis, e é, sem dúvidas, uma das melhores cenas já feitas dentro desse universo – além de ser super engraçada.

Sim, o filme é engraçadíssimo sem ser escrachado e sem tirar a seriedade do tema, daquele jeito que nós já conhecemos e que a Marvel sabe fazer melhor do que qualquer um. E os grandes responsáveis pelo alívio cômico do longa são eles: Homem-Aranha e Homem-Formiga.

Antes de começarmos a falar de Peter Parker (Tom Holland), vamos tirar um momento para apreciar Paul Rudd e seu Scott Lang. Tudo o que envolve esse personagem é incrível. Mesmo aparecendo por pouco tempo, o Homem-Formiga transforma a atmosfera do longa e sua presença na trama é essencial.

Let’s talk about the Spider boy! Na sessão de imprensa onde assistimos ao filme, rolou um surto geral assim que a primeira imagem de Nova York apareceu. Estávamos prestes a conhecer nosso novo (literalmente novo) Homem-Aranha. Apesar de termos amado o Peter Parker de Andrew Garfield (RIP), não tem como negar a diferença gigantesca nos moldes do personagem. Ele é um adolescente, finalmente interpretado por um adolescente, como deveria ser.

Suas cenas são leves e engraçadas, além de carregarem toda a vitalidade de um jovem herói em formação. Os fãs com certeza ficarão satisfeitos e com um gostinho de quero mais.

A participação do Homem-Aranha é um grande destaque do filme, sim. E ele só não rouba a cena completamente, porque Guerra Civil tem recheio de sobra. Ação, humor, romance (todo mundo de olho na Agente 13, Emily VanCamp is back), traição e muita, mas muita pancadaria.

Preparados? Capitão América: Guerra Civil estreia na próxima quinta-feira (28) e você precisa conferir!

E aí, você é #TimeCapitãoAmérica ou #TimeHomemDeFerro?

Curta nosso e receba notícias direto na sua timeline.


Tags

Comentários