5 motivos para não perder a estreia de “Mulher-Maravilha” Ticket

18816179_1564333773578899_580733741_n

Finalmente está chegando a tão esperada quinta-feira com a estreia de Mulher-Maravilha. O longa baseado nos quadrinhos DC Comics e mostra a história da princesa Diana, que foi treinada desde cedo para ser uma guerreira imbatível e decide abandonar sua casa para ajudar na luta conta a guerra que o mundo está enfrentando.

Nós já assistimos ao filme e resolvemos listar 5 motivos pelos quais vocês não podem perder essa estreia de jeito nenhum:

1. Girl Power
É quase que impossível falar sobre Mulher-Maravilha e não relacionar com poder feminino, não é mesmo? E para você que estava preocupado com essa questão, pode ficar bem tranquilo, porque o assunto é retratado muito bem ao longo do filme. Depois de todo esse tempo só vendo homens como heróis, Diana chegou provando que mulheres podem sim salvar o mundo tão bem quantos os homens.

É incrível como eles conseguem manter a inocência e ingenuidade de Diana descobrindo o homem e ao mesmo tempo mostrar sua personalidade forte e imbatível, tudo sem precisar menosprezá-la em momento algum. Como Gal Gadot comentou em uma de suas primeiras entrevistas sobre o filme, o mundo estava precisando dessa representatividade feminina: “Sinto que agora tenho a oportunidade de estabelecer um grande modelo de força, ação, compaixão, amor e positividade feminina para as garotas, e isso é muito importante. Já era hora de alguém fazer isso, e estou privilégiada e honrada de ser essa pessoa.” 

mulher-maravilha

2. Patty Jenkins
Outro ponto forte do filme é que o poder feminino não só é retratado nas telonas, como existe por trás das câmeras também, já que a responsável pela direção, Patty Jenkins, é a primeira mulher a dirigir um filme do universo DC/Marvel e ter um orçamento de mais de 100 milhões de dólares. Por isso a produção é tão incrível nos termos de que em nenhum momento as mulheres são objetificadas ou menosprezadas.

The future is female!

3. O elenco
Nós já tínhamos certeza de que Gal Gadot e Chris Pine mostrariam um show de atuação, mas precisamos confessar que o restante do elenco nos surpreendeu demais, como Robin Wright que deu vida a Antiope, treinadora das Amazonas; Connie Nielsen como Hipólita, mãe de Diana e David Thewlis que interpretou o grande vilão Ares. Amamos demais!

1-Bx9z81bWI0ym70Nd7kJ5ww

4. Fotografia
Nós ainda não conseguimos superar as imagens incríveis de Temiscira, terra natal de Diana, onde as Amazonas vivem de forma próspera e harmoniosa por séculos afastadas dos homens. É surreal a fotografia mostrando as águas cristalinas ou os campos de treinamentos, estamos apaixonados.

5. Os efeitos visuais
O investimento em efeitos visuais tem crescido cada vez mais e com Mulher-Maravilha isso ficou muito claro. As cenas onde Diana usa os seus poderes, com os seus braceletes, quando ela voa e utiliza sua força inumana, nos deixaram de queixo caído, especialmente quando era utilizado slow motion ou closes nos momentos de ação.

Ficou ainda mais interessado? Mulher-Maravilha estreia nesta quinta-feira, 01 de junho, em todo o Brasil.

Curta o DMT no Facebook e receba notícias diretamente em sua timeline.

Tags

Escrito por
Postado dia 31 de maio de 2017

Comentários

DAMMIT.com.br © 2012 - 2014    —    Alguns direitos reservados