Box

É o fim de uma era! 5 coisas importantes que aprendemos com “Skam”

Infelizmente a série norueguesa que conquistou muitos corações ao redor do mundo chegou ao fim no último sábado (24).


  • Escrito por

  • Publicado em 26 de junho de 2017

Skam

Skam, a série que conquistou muitos corações ao redor do mundo, infelizmente chegou ao fim no último sábado (24). Exibida pela NRK, a série se passa em Oslo na Noruega e mostra o dia a dia de um grupo de amigos no início do colegial.

Foram 4 temporadas e 43 episódios que abordaram importantes temas como aceitação, discriminação, distúrbios alimentares, questões familiares e religiosas, depressão, complicações amorosas, dificuldades financeiras, homossexualidade, abuso sexual, doenças mentais e outros.

Uma série valiosa dessas, não deveria passar em branco. Então listamos alguns dos aprendizados de Skam que levaremos para o resto da vida:

1. Seja você mesmo, sempre!

Sei que hoje em dia a frase “seja você mesmo” já é uma coisa toda clichê, mas se tem algo que a série soube fazer muito bem foi juntar um elenco bem diversificado – gays, lésbicas, bissexuais, muçulmanos – e ensinar que as diferenças são valiosas e devemos ser nós mesmos independente de qualquer coisa. Sabemos muito bem que mudar quem somos apenas para agradar os outros não adianta nada, né?

skam_vocêmesmo

2. Amizades Verdadeiras

Se tem uma coisa que o seriado sempre valorizou desde seu primeiro episódio, foram as amizades verdadeiras. Ao longo dos capítulos vemos os personagens mais improváveis tornando-se amigos e criando laços reais e verdadeiros. Claro que, assim como na vida real, as pessoas erravam e enfrentavam vários momentos pesados, que acabavam abalando um pouco a amizade, mas no final sempre ficava tudo bem ✨

skam_amizades

3. Girl Power

Um dos assuntos que mais vem crescendo e sendo falado ultimamente é o empoderamento feminino, e claro que Skam não o deixou de fora. Sem forçar a barra, o assunto foi muito bem explorado e utilizado inicialmente por suas personagens. Em especial por Noora, interpretada por Josefine Pettersen, que desde o início provou o valor das mulheres e fez um ótimo papel lutando pelos direitos femininos, além de conscientizar as outras meninas da causa. Amamos ♀♥

skam_girl_power

4. Autoconhecimento

Acredito que esse seja um dos assuntos mais importantes que a série trouxe para quem assistiu, apresentando os dois lados do autoconhecimento. Lá na terceira temporada acompanhamos a história de Isak, papel de Tarjei Sandvik Moe, e toda sua jornada até a descoberta e se assumir homossexual. Foi lindo vê-lo se descobrindo e aos poucos aceitando que ser gay é normal, sim.

Outra coisa linda de se ver foi acompanhar Eva, interpretada por Lisa Teige, e sua jornada do autoconhecimento. Muitas vezes nós vivemos uma rotina que consome nossas vidas e acabamos nos perdendo de quem realmente somos ou queremos ser. Eva nos mostrou que não devemos ser dependentes de ninguém para ser feliz, é importante nos amarmos e estarmos cercados de pessoas que nos lembram quem nós somos ♥

skam_autodescobrimento

5. Lições de vida

Toda lição de vida, seja ela simples ou mais complexa, é válida. E com Skam aprendemos muitas e muitas delas, como: o medo e o ódio não levam a lugar nenhum; mentira tem perna curta e machuca as pessoas de jeitos que jamais imaginamos; que as pessoas cometem erros, mas não devemos julgá-las pelo resto da vida e que todos estão lutando em uma batalha na qual não sabemos nada sobre, devemos ser gentis sempre.

E a maior lição de todas, apresentada no último episódio: “Porque mesmo que algumas vezes pareça, nenhuma pessoa está sozinha. Todos e cada um de nós, é uma peça importante no grande caos, e o que você faz hoje, terá efeito amanhã. Pode ser difícil de dizer exatamente qual tipo de efeito, e normalmente nem sempre podemos ver como tudo se conecta. Mas o efeito de suas ações, permanecerá sempre em algum lugar no caos. Em 100 anos poderemos ter máquinas que calculem o efeito de todas e cada ação. Mas até lá, nos podemos confiar nisso: o medo se espalha. Mas… Com sorte, o amor também!”

TAKK FOR ALT, SKAM

skam_fim

Curta nosso e receba notícias direto na sua timeline.


Tags

Comentários