Paparazzi

Em vídeo Beyoncé, Rihanna e mais falam sobre violência racial nos EUA

No vídeo a cantora Alicia Keys reuniu um time de artistas que condenam a brutalidade da polícia norte-americana com os negros.


  • Escrito por

  • Publicado em 14 de julho de 2016

rihanna, beyonce, 23 ways

Quem acompanha as notícias mundiais sabe que o movimento Black Lives Matter tem ganhado cada vez mais espaço nas mídias, assim como as notícias de violência contra os negros, principalmente por parte da polícia americana. Em uma semana, foram 7 mortes de pessoas negras e é claro que a situação criou um alvoroço não só na política, mas também entre artistas.

O vídeo é intitulado de 23 formas de morrer sendo negro nos EUA e foi feito em parceria com site Mic. Beyoncé, Rihanna, Chris Rock, Pharrell, Adam Levine, P!nk e outros artistas narram as circunstâncias de casos reais em que 23 pessoas perderam suas vidas ao serem abordados por policiais. Na maioria das vezes as mortes aconteceram em situações banais do dia-a-dia. Depois de narrarem os acontecimentos, o vídeo mostra fotos das vítimas.

Ao final do vídeo Alicia Keys, responsável por reunir os famosos, faz um pedido: “Em outras palavras, você morre apenas por ser negro e não fazer absolutamente nada. Exigimos uma transformação radical para curar a longa história de racismo sistêmico para que todos os americanos tenham o mesmo direito de viver e de buscar a felicidade“.

Curta nosso e receba notícias direto na sua timeline.


Tags

Comentários