Após investigações, Allison Mack é acusada de liderar culto sexual Paparazzi

Notícia muito triste para os fãs de Allison Mack, eterna Chloe Sullivan de Smallville. A atriz de 35 anos foi acusada de participar de um culto secreto onde recruta mulheres que são marcadas a ferro com suas iniciais, além de serem obrigadas a seguir os comandos do líder Keith Raniere.

O grupo se chama “NXIVM”, que se intitula como grupo de autoajuda. Porém, por trás da fachada, existe uma irmandade secreta chamada de “DOS”, que aparentemente é a abreviação de “dominus obsequious sororium”, do latim “mestre sobre as escravas”. Em e-mails descobertos na investigação, as escravas do culto são obrigadas a permanecer em jejum por 12 horas seguidas além de terem que tomar banhos frios.

Allison Mack foi apontada como segunda líder, além de recrutar mulheres para se juntarem ao culto e, consequentemente, dormirem com o mestre. De acordo com as investigações liberadas pelo Daily News e New York Times, quem não consegue novos recrutas para o culto acaba sendo penalizada e apanha. Dentre as exigências, o mestre ordena que as mulheres corram todos os dias e mantenham uma rigorosa dieta para estarem sempre em boa forma.

As acusações foram feitas por Frank Parlato que já foi porta-voz do grupo. Segundo ele, Allison é tanto uma vítima como uma predadora. “Ela é vítima pois sofreu lavagem cerebral de Raniere e ela é sua escrava”, relatou.

A atenção para o grupo foi chamada após a atriz Catherine Oxenberg revelar que está desesperadamente tentando salvar sua filha, India Oxenberg, do culto. Segundo ela, a garota está se matando de fome.

As mulheres que entram tem que obrigatoriamente revelar informações intimas que as comprometam – como nudes, áudios e vídeos –  como uma forma de confiança. Essas informações são usadas posteriormente contra a pessoa caso ela tente sair do grupo. Um print postado pelo The Sun mostra a caixa de entrada do email que aparentemente contém todas essas informações pessoais.

 

Ainda segundo Frank Parlato, as vítimas são marcadas com as iniciais de Mack e Raniere. Quando procurada pela imprensa, a atriz se negou a falar sobre as denúncias, porém, no site dela, ela cita Keith Raniere como seu mentor há anos.

O grupo NXIVM afirmou que “vai usar de todos recursos legais para corrigir essas mentiras”. As investigações vão continuar a ser feitas.

Curta o DMT no Facebook e receba notícias diretamente em sua timeline.

Tags

Escrito por
Postado dia 09 de novembro de 2017

Comentários

DAMMIT.com.br © 2012 - 2014    —    Alguns direitos reservados